quinta-feira, 20 de maio de 2010


Minhas verdades e suas verdades. Nunca nos satisfazendo.
E por esse mar de incertezas nossos navios naufragados.
Mas não esperamos mais a ajuda de ninguém.
Eu Só quero meu café amargo. Você só quer companhia nesse domingo cinzento.
E esperamos ver nossos filhos fortes e saudáveis. Eu quero um menino (para agradar seu pai). Pra você tanto faz. Não estamos juntos mesmo.
Estamos mais perto de nós mesmo e isso basta para ambos.
Só não basta para os bastidores da nossa vida marcada por longas chicotadas de nossos diferentes pontos de vista.
E pensamos tanto no futuro, que lemos todos os dias o horóscopo do jornal barato.
Mesmo sabendo, que o meu amanhã, já não pertence a sua agenda.


Agnus Aquiles

2 comentários:

  1. O lindeza não poderia deixar de comentar né.
    Poxa fico pensando, talentos não são para gênios mesmo viu, nem são também para possuidores de dons especias,como ja havia dito e para aquelas pessoas simples porém dotadas da mesmas ferramentas metais que a maioria da humanidade, com algo mais? sim, algo que é quase intangivel.
    Embora Agnus, eu ecredite que nato, ou adquirido todas as pessoas possuem um talento, posso lhe dizer que até hoje meu amigo ainda não encontrei o meu rsrsrsrsr,
    mas com a minha insitencia e minha falta de vergonha, eu descobri os talentos que me faltam,
    E COMO ELES SÃO MUITOS VIU.....
    Não sei o que te leva a escrever, só sei que vc empenha seu cérebro e seu coração na arte de aprimorar a sua obra e encantar os leitores, Hum não e um gênio isso não...
    Acho que vc e so mais um que não se contenta com a estagação da vida, e alguém que atende o apelo do destino do proprio ser humano, e encanta dia após dia as pessoas que estão aqui do outro lado lendo Tela Viva. Bom pois é ficaria aqui um grande tempo escrevendo milhões de coisas sobre vc.... mais de fato o certo e que nunca estamos prontos, e jamais estaremos.

    Parabéns,
    Um grande Abraço...
    Amizade Sempre
    Grazy

    ResponderExcluir
  2. Roberth Trindade21 de maio de 2010 14:19

    Certa vez em uma noite de um dia qualquer(por que eu não me lembro o dia exatamente),estávamos conversando sobre literatura lá na casa do nosso amigo Giovanni,lembra-se?Eu havia te dito que deveria mesmo era escrever um livro de Poesia,pois é,continuo com essa ideia...tudo bem estamos lendo os suas poesias aqui na net...nesse mundo onde quase ninguem senta-se em frente a um computador para ler, não só poesias,mas nao lê absolutamente nada.Aqui o que prevalece são as imagens,que na minha opinião,nesse caso não vale mais do que mil palavras.você tem o talento meu Jovem..um grande abra.....pra você!!! Roberth Trindade

    ResponderExcluir